MENU

Mais um pastor batista preso no Azerbadijão

Mais um pastor batista preso no Azerbadijão

Atualizado: Sexta-feira, 27 Junho de 2008 as 12

O pastor batista Hamid Shabanov, da aldeia remota de Aliabad, na região de Zakatala, foi preso três meses depois de o colega dele, Zaur Balaev, ter saído da prisão. Ele foi acusado de porte legal de arma. Hamid e a família alegam que a polícia plantou a arma que eles "supostamente" teriam encontrado com ele.

"Estamos em choque", disse o líder da União Batista do Azerbeidjão, Ilya Zenchenko. "Foi uma provocação feita pela polícia em uma ação deliberadamente orquestrada.” A família dele e a congregação também estão sendo ameaçadas de prisão.

O irmão do pastor foi alertado pela polícia a parar com as atividades junto aos cristãos batistas. "O objetivo deles é a igreja." A família de Hamid Shabanov insiste que ele não tinha nenhuma arma e que a polícia plantou a arma que eles reivindicam ter achado em poder dele.

A polícia local negou as acusações. "Ele é um criminoso", disse um alto oficial de Zakatala a um membro da equipe do Forum 18, que ficou surpreso com a afirmação, uma vez que até na lei do Azerbaijão “todos os indivíduos são inocentes até que sejam considerados culpados em um tribunal”.

No passado, o pastor batista, Hamid Shabanov, havia relatado que seu filho e sua nora tentaram dar o nome Sansão a seu filho primogênito, mas as autoridades não permitiram.

veja também