MENU

Manifestantes alemães paralisam avanço de trem com lixo radioativo

Manifestantes alemães paralisam avanço de trem com lixo radioativo

Atualizado: Domingo, 27 Novembro de 2011 as 9:46

As sucessivas ações de protesto dos ativistas antinucleares alemães bloquearam neste domingo (27) o avanço do trem carregado com lixo radioativo em sua rota rumo ao depósito de Gorleben, no norte do país, apesar das fortes medidas de segurança.

Manifestantes antinuclear dormem em trilhos em Harlingen. (Foto: John Macdougall/AFP) O comboio, com 11 contêineres e 2,5 mil toneladas de resíduos tóxicos, quase não conseguiu avançar durante toda a noite e o início da manhã, segundo o canal de notícias alemão 'N-TV'.

As forças de segurança conseguiram neutralizar a última grande ação dos ecologistas por volta das 5h (de Brasília), quando retiraram rapidamente o último ativista de um grupo de até 2,5 mil pessoas que haviam organizado um grande protesto sobre os trilhos na localidade de Harlingen, próxima a Gorleben.

No entanto, minutos depois os manifestantes romperam o cordão policial em dois pontos, nas localidades de Hitzacker e Vastorf, de acordo com a rede de televisão estatal 'ZDF'.

Em ambos locais, próximos ao depósito temporário de resíduos radioativos de Gorleben, grupos de ativistas bloquearam as vias com concreto.

Perto dali, na noite de ontem, aconteceu uma ação do grupo ecologista Greenpeace, que conseguiu amarrar vários de seus membros aos trilhos - a polícia demorou mais de seis horas para tirá-los do local.

Desde quinta-feira passada, um dia antes que o trem partisse da usina de resíduos de Le Hague, na França, as manifestações, ações protesto e enfrentamentos entre ativistas e policiais foram frequentes nas localidades próximas ao cemitério nuclear alemão.

A polícia, que mobilizou 20 mil homens, afirmou que seus agentes foram atacados com coquetéis molotov e pedras, enquanto os ativistas e os meios de comunicação destacaram o abundante uso de canhões de água, balas de borracha e gás lacrimogêneo por parte das forças de segurança.

Diferente de anos anteriores, quando preferiu optar por 'diminuir a tensão, a Polícia alemã aplicou este ano uma estratégia de 'tolerância zero' contra os ativistas, segundo vários meios de comunicação alemães.

Embora fontes oficiais digam que seja no domingo, ainda se desconhece quando o trem chegará a Dannenberg, última parada do trajeto e onde os contêineres devem ser transferidos para caminhões para percorrer os últimos quilômetros até Gorleben.

Há anos, a viagem deste comboio radioativo gera protestos na Alemanha , a partir de grupos contrários a energia atômica e sucessivos cortes das vias em seu trajeto até o depósito de Gorleben.

Após as grandes concentrações do ano passado, as maiores em décadas, os protestos de 2011 são os primeiros após o aprovação do 'blecaute' nuclear emitido pela chanceler federal, Angela Merkel, sob o impacto da catástrofe da usina japonesa de Fukushima.          

veja também