MENU

Ministro de Israel pode ser processado por lavagem de dinheiro

Ministro de Israel pode ser processado por lavagem de dinheiro

Atualizado: Quarta-feira, 13 Abril de 2011 as 4:25

O procurador-geral do Estado de Israel anunciou nesta quarta-feira (13) que estuda processar o ministro das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman, líder do partido nacionalista Beiteinu, por lavagem de dinheiro, segundo um comunicado oficial.

De acordo com o texto, "houve uma série de delitos, quando ocupava as funções de deputado e, depois, ministro", abrangendo a lavagem de dinheiro, o suborno a testemunhas e fraudes".

Antes de ser tomada uma decisão definitiva sobre um possível indiciamento, Lieberman terá a possibilidade de dar explicações ao procurador-geral Yehuda Weinstein, responsável pela assessoria jurídica do governo.

O ministro de Relações Exteriores de Israel, Avidor Lieberman (Foto: AP)

  A polícia havia recomendado, em agosto de 2009, indiciar Lieberman por corrupção, lavagem de dinheiro e obstrução da justiça como parte de uma investigação sobre o pagamento de US$ 2,5 milhões, através de empresas de fachada, para financiar suas campanhas eleitorais.

Lieberman, quem foi objeto de várias investigações desde 1996, negou ter desviado dinheiro e denunciou uma orquestração política.      

veja também