MENU

Moluscos são usados para medir poluição de incinerador na Rússia

Moluscos são usados para medir poluição de incinerador na Rússia

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 1:54

A companhia de saneamento Vodokanal utilizou seis moluscos do gênero 'Achatina', ligados a sensores de movimento e cardíacos, para medir o impacto da poluição gerada por incineradores de resíduos de esgoto na Rússia. O objetivo é simular o efeito gerado pela queima em humanos.     A espécie utuilizada é originária da África Subsaariana e chega a 20 centímetros de comprimento. Segundo os cientistas, a escolha pelos moluscos aconteceu pelo fatos deles contarem com pulmões e respirarem como humanos. Os testes foram feitos nas redondezas de São Petersburgo. Para incentivar os animais, os responsáveis pelo monitoramento utilizam alfaces.    

veja também