MENU

Morre líder de uma das instituições muçulmanas mais importantes do mundo

Morre líder de uma das instituições muçulmanas mais importantes do mundo

Atualizado: Quarta-feira, 10 Março de 2010 as 12

Mohammed Sayid Tantawi, grande xeque da Al-Azhar, a instituição muçulmana sunita mais prestigiosa do mundo islâmico, morreu nesta quarta-feira (10) em Riad, por conta de um infarto cardíaco durante uma visita oficial, informou a televisão egípcia.

Tantawi, de 82 anos, tinha sido designado grande xeque da Al-Azhar, que representa a voz do islã moderado governista no Egito, em 1996.

Após o ataque cardíaco, ocorrido às 6h locais (0h em Brasília), Tantawi foi levado ao hospital militar do Emir Sultão especializado em doenças do coração, onde morreu.

O grande xeque da Al-Azhar chegou na terça-feira (9) a Riad para participar do ato de entrega dos prêmios internacionais do rei Faiçal para o conhecimento e a literatura.

As autoridades árabes estão coordenando com as egípcias e com a família de Tantawi a transferência de seu corpo para o Cairo.

No entanto, um dos dirigentes da Al-Azhar, Mohammed Wasel, disse que o filho de Tantawi afirmou que seu pai seria enterrado em um cemitério da região de Al Baqei, na cidade saudita de Medina, um dos lugares mais importantes para a comunidade muçulmana internacional.

Tantawi nasceu em 28 de outubro de 1928 na aldeia de Tama, na província de Sohag, no alto Egito, onde decorou o Corão ainda quando criança.

Em 28 de outubro de 1986, foi nomeado Grande Mufti do Egito, maior autoridade religiosa do país. Quase dez anos depois, em 27 de março de 1996, o presidente do Egito, Mohammed Hosni Mubarak o nomeou imame da mesquita de Al-Azhar e xeque da universidade, a instituição sunita mais prestigiosa do mundo, que recebe muçulmanos de todo o planeta que se formam em teologia islâmica.

veja também