MENU

Mortes após terremoto na China chegam a 1.944

Mortes após terremoto na China chegam a 1.944

Atualizado: Segunda-feira, 19 Abril de 2010 as 12

O número oficial de mortos após o terremoto que atingiu a região do Tibete, na China, na semana passada, aumentou para 1.944, e equipes de resgate retiraram dois sobreviventes dos escombros passadas mais de 100 horas do tremor.

Outras 216 pessoas continuam desaparecidas, segundo a agência oficial Xinhua. As operações na cidade de Gyegu, província de Qinghai, se concentram agora na distribuição de ajuda - com o envio de barracas, comida e água -, embora ainda haja buscas por sobreviventes.

O presidente Hu Jintao viajou para Yushu no final de semana para conversar com sobreviventes e ver a distribuição de ajuda. Ele prometeu reconstruir casas e escolas e pediu que os esforços para localizar pessoas continuassem.

A Cruz Vermelha de Taiwan enviou um time de ajuda médica de 20 pessoas para Qinghaino no último sábado.Tropas militares e monges budistas estão oferecendo comida para os sobreviventes. "Esperamos que o governo possa nos dar comida e roupas", disse a tibetana Suona Jiaxi, em Yushu. A previsão do tempo para os próximos dias anuncia temperaturas abaixo de zero na região.

veja também