MENU

Naufrágio na Austrália pode ter matado 48 imigrantes

Naufrágio na Austrália pode ter matado 48 imigrantes

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 11:37

A Austrália cancelou hoje as buscas pelos corpos das vítimas do naufrágio da semana passada de um barco que levava imigrantes em busca de asilo no país. A primeira-ministra do país, Julia Gillard, disse que "a melhor estimativa" indicava que 48 pessoas haviam morrido na tragédia, mas ela notou que talvez o número exato nunca seja descoberto.

Gillard também afirmou que a "melhor estimativa" é a de que havia cerca de 90 pessoas a bordo do navio pesqueiro que se chocou contra pedras na remota Christmas Island, na última quarta-feira, durante uma tempestade. Apenas 42 pessoas foram resgatadas. Trinta corpos foram retirados das águas após o acidente, incluindo bebês e crianças. É o pior desastre envolvendo pessoas que buscavam asilo na Austrália desde 2001, quando um navio vindo da Indonésia naufragou matando todas as 353 pessoas a bordo.

Os sobreviventes disseram que a embarcação estava lotada com iranianos, iraquianos e curdos. A polícia interrogou três indonésios da tripulação após o acidente e deve apresentar acusações contra eles, ainda não especificadas. A polícia afirmou que nada indicava a ocorrência de uma sabotagem. Quase 6.500 refugiados chegaram à Austrália este ano, vindos sobretudo de Iraque, Afeganistão e Sri Lanka.    

veja também