MENU

Índia condena à morte terrorista dos atentados a Mumbai

Índia condena à morte terrorista dos atentados a Mumbai

Atualizado: Quinta-feira, 6 Maio de 2010 as 9:14

Um paquistanês de 22 anos, único sobrevivente do grupo responsável pelos atentados de Mumbai, que deixaram 166 mortos em novembro de 2008, foi condenado à morte nesta quinta-feira (6) por um tribunal especial indiano, após um ano de julgamento.

A pena capital contra Mohammed Ajmal Amir Kasab foi anunciada pelo juiz M. L. Tahaliyani. O paquistanês foi condenado por quatro acusações: assassinato, atos de guerra contra a Índia, complô e terrorismo.

Três dias após a condenação ser anunciada, na última segunda-feira (3) o juiz Tahaliyani declarou a sentença.

''Ele deverá ser enforcado até a morte''.

Além de Kasab, serão julgados os indianos Fahim Ansari e Sabahuddin Ahmed, acusados de dar apoio ao grupo de terroristas paquistaneses.

Durante as 72 horas de ataque, as forças de segurança da Índia mataram nove dos membros do grupo terrorista, que agiram contra diversos hotéis de luxo e centros comerciais de Mumbai.

veja também