MENU

Nobel de Física premia cientista pai da comunicação via fibra óptica

Nobel de Física premia cientista pai da comunicação via fibra óptica

Atualizado: Terça-feira, 6 Outubro de 2009 as 12

A Real Academia Sueca de Ciências anunciou nesta terça-feira, 6 de outubro, em Estocolmo, Suécia, que o Prêmio Nobel de Física foi concedido a Charles K. Kao por suas pesquisas sobre transmissão da luz através de fibras para fins de comunicação óptica. Ele receberá metade do prêmio de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 2,5 milhões). Nascido em Xangai em 1933, Kao foi educado em Hong Kong. Graduou-se em Engenharia Elétrica em 1957 na Universidade de Londres, mesma instituição em que concluiu seu doutorado..

A outra metade será dividida por Willard S. Boyle, nascido no Canadá em 1924, e George E. Smith, nascido nos EUA em 1930, pela invenção em 1969 de um circuito semicondutor para imagens, chamado sensor CCD (de Charged-Coupled Device). O sensor viabilizou uma vasta gama de novas tecnologias, desde as câmeras fotográficas digitais portáteis até a captura de imagens do espaço que abriram um novo campo de pesquisa em astrofísica.

Kao trabalha no Standard Telecommunication Laboratories, em Harlow, Reino Unido. Com George Hockham, foi o primeiro a mostrar a viabilidade do envio de luz através de fragmentos de vidro de alguns mícrons de diâmetro. Em junho de 1966, a dupla publicou o estudo "Dielectric-fiber surface waveguides for optical frequencies", que se tornou referência no campo da comunicação óptica.

Antes deles, 184 pessoas foram laureadas com o Nobel de Física. Desde 1901, 102 prêmios foram concedidos.

A Real Academia Sueca de Ciências anunciou nesta terça-feira, 6 de outubro, em Estocolmo, Suécia, que o Prêmio Nobel de Física foi concedido a Charles K. Kao por suas pesquisas sobre transmissão da luz através de fibras para fins de comunicação óptica. Ele receberá metade do prêmio de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 2,5 milhões). Nascido em Xangai em 1933, Kao foi educado em Hong Kong. Graduou-se em Engenharia Elétrica em 1957 na Universidade de Londres, mesma instituição em que concluiu seu doutorado..

A outra metade será dividida por Willard S. Boyle, nascido no Canadá em 1924, e George E. Smith, nascido nos EUA em 1930, pela invenção em 1969 de um circuito semicondutor para imagens, chamado sensor CCD (de Charged-Coupled Device). O sensor viabilizou uma vasta gama de novas tecnologias, desde as câmeras fotográficas digitais portáteis até a captura de imagens do espaço que abriram um novo campo de pesquisa em astrofísica.

Kao trabalha no Standard Telecommunication Laboratories, em Harlow, Reino Unido. Com George Hockham, foi o primeiro a mostrar a viabilidade do envio de luz através de fragmentos de vidro de alguns mícrons de diâmetro. Em junho de 1966, a dupla publicou o estudo "Dielectric-fiber surface waveguides for optical frequencies", que se tornou referência no campo da comunicação óptica.

Antes deles, 184 pessoas foram laureadas com o Nobel de Física. Desde 1901, 102 prêmios foram concedidos.

veja também