MENU

Noriega é condenado a sete anos de prisão por lavagem de dinheiro

Noriega é condenado a sete anos de prisão por lavagem de dinheiro

Atualizado: Quarta-feira, 7 Julho de 2010 as 1:32

Uma corte de Paris sentenciou nesta quarta-feira, 7, o ex-ditador panamenho Manuel Noriega a sete anos de prisão por lavagem de dinheiro na França durante a década de 80.

Noriega foi extraditado para a França em abrir depois de cumprir uma condenação de 20 anos nos Estados Unidos por narcotráfico.

A procuradoria francesa susteve que milhões de dólares que transitaram através das contas bancárias francesas de Noriega no final da década de 80 foram na realidade comissões que lhe foram pagas pelo poderoso cartel de drogas de Medellín.

Os advogados de defesa dizem que as acusações francesas fazer parte de uma conspiração política mundial contra Noriega. Na corte, Noriega se mostrou como um inimigo dos narcotraficantes.

Na quarta-feira da semana passada, o promotor Miguel Mães pediu ao tribunal que julgava Noriega que o condenasse a 10 anos de prisão e confiscasse 2,5 milhões de dólares que estiveram congelados nas suas contas.

Noriega alegou que seu assessor financeiro foi quem se encarregava do movimento de fundos e que desconhecia os detalhes das transações.

O ex-general de 76 anos está com a saúde debilitada, podendo morrer na prisão.

Noriega foi considerado durante anos um bom colaborador da Cia antes de passar a contribuir com o narcotráfico e ser envolvido no assassinato de um oponente político.

Em uma declaração na semana passada, Noriega insistiu que era vítima de uma "conspiração" orquestrada pelos Estados Unidos. Em um monólogo que durou mais de uma hora, Noriega explicou sua longa e antiga relação com os EUA - incluindo a CIA - e atribuiu seus problemas legais a sua inimizade com os americanos.

veja também