MENU

Nove países europeus se unem a França contra negociação con Mercosul

Nove países europeus se unem a França contra negociação con Mercosul

Atualizado: Quarta-feira, 12 Maio de 2010 as 8:37

Nove países europeus se uniram a França para protestar contra a decisão de Bruxelas de retomar as negociações para um tratado de livre comércio com o Mercosul, ao alegar que estão em jogo os interesses agrícolas, segundo um documento obtido pela AFP.

Os 10 países pretendem abordar a questão durante uma reunião de ministros europeus da Agricultura na próxima segunda-feira em Bruxelas, justamente quando a presidência espanhola da União Europeia (UE) pretende anunciar formalmente a retomada das negociações com o Mercosul em uma reunião entre os dois blocos no mesmo dia em Madri.

''Apesar de ser uma decisão que corresponde à Comissão (Europeia), lamentamos que esta tenha sido tomada sem um debate político prévio entre os países membros da UE'', afirmam os países no documento que será apresentado na segunda-feira em Bruxelas.

A Comissão, que tem desde 1999 um mandato dos países da UE para negociar com o Mercosul (Argentina, Brasil, Uruguai, Paraguai) um Acordo de Associação, anunciou no início do mês a retomada das negociações, suspensas desde 2004.

A França protestou de imediato, por considerar que as negociações devem acontecer dentro da Rodada de Doha sobre a liberalização do comércio mundial e que ir adiante pode colocar em risco os subsídios europeus contemplados na Política Agrícola Comum (PAC), da qual é o principal país beneficiário.

Outros nove países se uniram às reclamações francesas: Irlanda, Grécia, Hungria, Áustria, Luxemburgo, Polônia, Finlândia, Romênia e Chipre.

veja também