MENU

Obama critica empresas de petróleo após vazamento

Obama critica empresas de petróleo após vazamento

Atualizado: Sexta-feira, 14 Maio de 2010 as 4:03

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira (14) que compartilha a indignação das vítimas da maré negra no golfo do México. E afirmou que é ridículo o espetáculo das empresas de petróleo no Senado, culpando-se mutuamente. Ele também anunciou que revisará os procedimentos de autorização das perfurações no mar.

- Hoje anunciamos um reexame dos procedimentos ambientais para a exploração e desenvolvimento de petróleo e gás.

Os executivos da empresa britânica BP, responsável pela plataforma que afundou no dia 22 de abril, lutam para conter o vazamento de mais de três semanas.

- A exploração de petróleo doméstico continua sendo parte da estratégia geral de energia, que agora será mais clara.

Obama ainda disse que é essencial que haja necessária garantia de proteção para que uma tragédia como essa não aconteça de novo.

O presidente atacou as sociedades petroleiras vinculadas à contaminação e disse que não gostou do que considera um "espetáculo ridículo" as audiências no Congresso sobre este tema, realizadas pelos representantes das companhias na última terça-feira (4).

Ele também afirmou que viu com os próprios olhos a raiva e a frustração de seus compatriotas no golfo durante sua visita à região em no dia 2 de maio.

- Deixem-me dizer a eles que é uma raiva e uma frustração de que compartilho.

veja também