MENU

Obama é o Nobel da Paz de 2009

Obama é o Nobel da Paz de 2009

Atualizado: Sexta-feira, 9 Outubro de 2009 as 12

O presidente dos EUA, Barack Obama, venceu o Prêmio Nobel da Paz na edição 2009. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (9), em Oslo, na Noruega, pelo comitê do Nobel.

O prêmio foi dado por conta dos apelos do presidente pelo desarmamento nuclear e por seu trabalho pela paz mundial.

''O comitê deu muita importância à visão e aos esforços de Obama na perspectiva de um mundo sem armas nucleares'', disse o presidente do Comitê Nobel da Noruega, Thorbjoern Jagland. ''Muito raramente uma pessoa com a influência de Obama capturou a atenção do mundo e deu às pessoas a esperança de um futuro melhor''.

O comitê também citou por os ''esforços extraordinários'' do democrata ''para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos''.

Obama foi acordado de madrugada por um telefonema do porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, com a notícia da premiação. Ele se disse ''honrado'' com a escolha do comitê.

Agenda internacional ambiciosa

Obama, que assumiu em 20 de janeiro deste ano, depois de um processo eleitoral histórico no ano anterior, chegou à Casa Branca com uma agenda internacional ambiciosa, além de enfrentar internamente os efeitos da crise financeira do ano anterior.

Ele trabalhou desde o começo de sua gestão pelo desarmamento nuclear, também tentou recomeçar, ainda que sem sucesso imediato, o processo de paz no Oriente Médio, além de buscar levar a um final honroso as intervenções militares no Afeganistão e no Iraque, iniciadas após o 11 de Setembro por seu antecessor, o republicano George W. Bush.

Em 24 de setembro, Obama presidiu uma reunião histórica do Conselho de Segurança da ONU, em que foi aprovada uma resolução pró-desarmamento nuclear. Ele tenta a via diplomática para resolver as questões nucleares do Irã e da Coreia do Norte, incluídos por Bush no chamado ''eixo do mal''.

Primeiro afro-americano a assumir a presidência dos EUA, Obama irá receber um prêmio de dez milhões de coroas suecas, o equivalente a U$ 1,4 milhão (R$ 2,433 milhão). O prêmio será entregue em Oslo no próximo 10 de dezembro.

Thorbjorn Jagland, presidente do comitê do Nobel, anuncia Barack Obama como o laureado nesta sexta-feira (9), em Oslo, na Noruega. (Foto: AP)

Obama é o terceiro político de alto escalão do Partido Democrata dos EUA a vencer o prêmio nesta década. Antes dele, ganharam o ex-presidente Jimmy Carter, em 2002, e o ex-vice-presidente Al Gore, em 2007.

O presidente dos EUA, Barack Obama, venceu o Prêmio Nobel da Paz na edição 2009. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (9), em Oslo, na Noruega, pelo comitê do Nobel.

O prêmio foi dado por conta dos apelos do presidente pelo desarmamento nuclear e por seu trabalho pela paz mundial.

''O comitê deu muita importância à visão e aos esforços de Obama na perspectiva de um mundo sem armas nucleares'', disse o presidente do Comitê Nobel da Noruega, Thorbjoern Jagland. ''Muito raramente uma pessoa com a influência de Obama capturou a atenção do mundo e deu às pessoas a esperança de um futuro melhor''.

O comitê também citou por os ''esforços extraordinários'' do democrata ''para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos''.

Obama foi acordado de madrugada por um telefonema do porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, com a notícia da premiação. Ele se disse ''honrado'' com a escolha do comitê.

Agenda internacional ambiciosa

Obama, que assumiu em 20 de janeiro deste ano, depois de um processo eleitoral histórico no ano anterior, chegou à Casa Branca com uma agenda internacional ambiciosa, além de enfrentar internamente os efeitos da crise financeira do ano anterior.

Ele trabalhou desde o começo de sua gestão pelo desarmamento nuclear, também tentou recomeçar, ainda que sem sucesso imediato, o processo de paz no Oriente Médio, além de buscar levar a um final honroso as intervenções militares no Afeganistão e no Iraque, iniciadas após o 11 de Setembro por seu antecessor, o republicano George W. Bush.

Em 24 de setembro, Obama presidiu uma reunião histórica do Conselho de Segurança da ONU, em que foi aprovada uma resolução pró-desarmamento nuclear. Ele tenta a via diplomática para resolver as questões nucleares do Irã e da Coreia do Norte, incluídos por Bush no chamado ''eixo do mal''.

Primeiro afro-americano a assumir a presidência dos EUA, Obama irá receber um prêmio de dez milhões de coroas suecas, o equivalente a U$ 1,4 milhão (R$ 2,433 milhão). O prêmio será entregue em Oslo no próximo 10 de dezembro.

Thorbjorn Jagland, presidente do comitê do Nobel, anuncia Barack Obama como o laureado nesta sexta-feira (9), em Oslo, na Noruega. (Foto: AP)

Obama é o terceiro político de alto escalão do Partido Democrata dos EUA a vencer o prêmio nesta década. Antes dele, ganharam o ex-presidente Jimmy Carter, em 2002, e o ex-vice-presidente Al Gore, em 2007.

veja também