MENU

Obama elogia Iraque por eleição e reafirma retirada de tropas

Obama elogia Iraque por eleição e reafirma retirada de tropas

Atualizado: Segunda-feira, 8 Março de 2010 as 12

O presidente dos EUA,  Barack Obama, elogiou neste domingo, dia 7, as forças de segurança do Iraque, dizendo que elas mostram crescente capacidade e profissionalismo.

Ele cumprimentou os iraquianos pela votação nas eleições parlamentares, apesar dos ataques que deixaram 38 mortos.

Ele também reiterou a meta de tirar todos os soldados do Iraque até o fim de 2011.Mais cedo, em comunicado, Obama havia destacado a "coragem" dos iraquianos que "desafiaram as ameaças para fazer com que sua democracia avance".

"Felicito o povo do Iraque por ter votado durante estas importantes eleições parlamentares. Tenho um grande respeito pelos milhões de iraquianos que não se deixaram intimidar pela violência e exerceram o seu direito de votar hoje", disse o presidente americano em um comunicado.

"Lamentamos as trágicas perdas de vidas humanas hoje e saudamos a coragem e a vontade dos iraquianos que desafiaram as ameaças para fazer com que sua democracia avance", acrescentou, considerando que "sua participação mostra que o povo iraquiano escolheu construir o seu futuro pelo caminho do processo político".

Pelo menos 38 pessoas morreram durante a votação, segundo o Ministério do Interior. Mais de 100 pessoas ficaram feridas nas explosões de bombas e granadas que ocorreram após a abertura dos colégios eleitorais até o fim das votação, às 17 horas locais (11h de Brasília).

Militantes sunitas prometiam inviabilizar a votação, num dos muitos desafios para estabilizar o Iraque antes da retirada das tropas norte-americanas.

O rumo político do Iraque será decisivo para os planos do presidente dos Estados Unidos de reduzir o número de soldados norte-americanos no país nos próximos meses e retirá-los por completo no fim de 2011.

Empresas de petróleo, que planejam investir bilhões no Iraque, também acompanham os desdobramentos.

veja também