MENU

Obama promete postura mais dura sobre câmbio chinês

Obama promete postura mais dura sobre câmbio chinês

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

O presidente norte-americano, Barack Obama, prometeu uma postura "muito mais dura" sobre a China em relação a comércio e câmbio, para assegurar que os bens dos Estados Unidos não fiquem em desvantagem.

Obama disse que seu governo está pressionando a China e outros países para que cumpram regras comerciais e abram mais seus mercados.

Obama disse em uma reunião com democratas do Senado na quarta-feira que Washington está tentando "ficar muito mais duro sobre o cumprimento das regras existentes, colocando pressão constante sobre a China e sobre outros países para que eles abram seus mercados de forma recíproca".

"Um dos desafios que temos que resolver internacionalmente é a taxa de câmbio e como... assegurar que nossos bens não sejam artificialmente inflados em preço", afirmou.

Obama disse ainda que não adotará uma postura protecionista sobre a China, explicando que "nos fecharmos para aquele mercado seria um erro".

veja também