MENU

ONU faz apelo contra violência no Iêmen

ONU faz apelo contra violência no Iêmen

Atualizado: Terça-feira, 6 Dezembro de 2011 as 1:47

A ONU pediu nesta terça-feira (6) que todas as facções no Iêmen interrompam os ataques contra civis e que o governo permita a entrega de ajuda alimentar e o acesso de seus monitores dos direitos humanos.

"Nós condenamos os contínuos ataques contra civis, especialmente em Taiz, onde há relatos de 22 pessoas mortas em ataques a tiros e bombardeios desde quinta-feira, incluindo duas crianças", disse à imprensa Ravina Shamdasani, porta-voz da alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Navi Pillay. "O contínuo uso de força desproporcional da parte do governo, apesar dos compromissos feitos para investigar graves violações aos direitos humanos é extremamente decepcionante", disse ela. "Nós fazemos um chamado a todos os lados para pararem de recorrer à violência."

Forças leais ao presidente iemenita Ali Abdullah Saleh, que renunciou no mês passado, mataram uma mulher na segunda-feira, durante uma manifestação de protesto em Taiz, disseram ativistas e testemunhas, apesar da retirada dos tanques, como parte de um pacto de cessar-fogo.

Menina faz sinal da vitória durante protesto na cidade iemenita de Taiz nesta terça-feira (6) (Foto: Reuters)          

veja também