MENU

Os EUA saudaram o notável resgate que o Chile realizou.

Os EUA saudaram o notável resgate que o Chile realizou.

Atualizado: Quarta-feira, 13 Outubro de 2010 as 8:46

Nove dos 33 mineiros já haviam sido resgatados até as 7h56 desta quarta-feira (13) da mina de cobre no norte do Chile na qual eles estavam soterrados a uma profundidade de 700 metros desde 5 de agosto, em uma operação sem precedentes na história da mineração mundial.   Os cinco primeiros já foram avaliados por médicos, receberam soro fisiológico e estão bem. Pelo menos dois deles já foram transferidos de helicóptero ao hospital da cidade de Copiapó.

O resgate começou por volta das 23h18 da terça (12), com a descida ao refúgio dos mineiros de Manuel González Pavez, o primeiro socorrista.   Pouco depois da descida dele, os resgatistas, ao lado do presidente Sebastián Piñera e da primeira-dama, Cecilia Morel, cantaram o hino do Chile para marcar o início do trabalho.

González, que trabalha para a Codelco, estatal chilena do cobre, levou 17 minutos para descer os 622 metros do túnel de 66 cm de diâmetro, aparentemente sem problemas. Ele fez o primeiro contato com os mineiros e foi recebido por eles com emocionados abraços.

Depois, os mineiros o cercaram para receber instruções sobre o resgate. Florencio Ávalos, primeiro trabalhador da lista, vestiu a roupa especial entrou na cápsula, que começou a subir às 23h55 da terça.   Ele chegou à 0h11 de quarta (13), com os óculos especiais para evitar o choque da luz, e foi recebido com festa pela mulher, Monica, pelo filho de sete anos, Byron, que chorou muito, pela equipe de resgate e por autoridades.

A TV estatal chilena e TVs de todo o mundo transmitem os trabalhos ao vivo. 

González informou que os 32 demais mineiros estavam bem de saúde.    

veja também