MENU

Pacotes com explosivos

Pacotes com explosivos

Atualizado: Quarta-feira, 3 Novembro de 2010 as 9:13

A polícia da Grécia procurava nesta quarta-feira (3) as pessoas suspeitas do envio de 13 pacotes com explosivos a autoridades estrangeiras descobertos desde segunda-feira, incluindo Alemanha e Itália.

Os suspeitos seriam ligados ao movimento anarquista local.

A polícia divulgou as fotografias de cinco homens com idades entre 21 e 30 anos, que são procurados desde o fim de 2009 por ligação com o grupo anarquista "Conspiração das células de fogo".

A pista do grupo no caso dos pacotes-bomba enviados ao presidente da França, Nicolas Sarkozy, à chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e ao premiê da Itália, Silvio Berlusconi, assim como a uma série de embaixadas em Atenas, surgiu na segunda-feira com a detenção de dois suspeitos, que haviam acabado de deixar pacotes em agências de entrega rápida em Atenas.

Alertadas pela explosão acidental na segunda-feira de um dos pacotes, as autoridades gregas conseguiram localizar a maioria dos artefatos, apesar de um pacote-bomba ter chegado à sede da chancelaria alemã, onde foi neutralizado pela segurança de Merkel.

O envio a Berlusconi foi interceptado na terça-feira à noite no aeroporto de Bolonha (Itália) e o dirigido a Sarkozy estava com os suspeitos detidos na segunda-feira em Atenas, que têm 22 e 24 anos.

Remessas suspensas

A Grécia suspendeu nesta quarta o envio de correspondências e outras remessas por correio para o exterior por um período de 48 horas, por conta dos ataques.

As autoridades suspeitam que mais remessas possam ter sido feitas para o exterior a partir do país, disse a polícia local.

veja também