MENU

Paquistão é palco de manifestações pró-Bin Laden após sua morte

Paquistão é palco de manifestações pró-Bin Laden após sua morte

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 11:51

Centenas de pessoas saíram em passeata nesta sexta-feira (6) pelas ruas da cidade de Quetta, no sul do Paquistão, para fazer uma homenagem ao chefe da al-Qaeda, Osama bin Laden, morto por militares dos Estados Unidos, e para convocar uma guerra santa contra os americanos.

Também houve atos em Peshawar e na própria Abbotabad, onde ocorreu a morte.

As manifestações foram organizadas pelo Jamaat-e-Islami, partido político ideologicamente ligado aos talibãs. Bandeiras dos EUA foram queimadas.

"Os serviços prestados por Osama aos muçulmanos serão para sempre lembrados", disse Abdul Qaidr Loone, jovem líder, em um discurso em Quetta.

Hafiz Fazal Bareach, ex-senador e alto dirigente do Jamaat-e-Islami , afirmou que, ao matarem Bin Laden, os Estados Unidos criaram milhares de outros à sua imagem e semelhança.

"Um Osama se transformou em mártir, e agora nascerão milhares de Osamas, porque ele criou um movimento contra as forças antimuçulmanas que não depende de personalidades", declarou, acrescentando que a "jihad (guerra santa) continuará contra os Estados Unidos e seus aliados".

veja também