MENU

Petrobras fecha escritório em Tóquio por conta de racionamento de energia

Petrobras fecha escritório em Tóquio por conta de racionamento de energia

Atualizado: Quarta-feira, 16 Março de 2011 as 1:09

A Petrobras fechou temporariamente o escritório de operações financeiras da companhia em Tóquio por causa do racionamento de energia na cidade. Ainda não há previsão de quando o escritório vai reabrir. A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (16) pela assessoria de imprensa da companhia. Na última sexta-feira (11), o escritório havia sido esvaziado por medidas de precaução e segurança, por conta da tragédia.

De acordo com a assessoria, por questões de segurança e para dar continuidade às operações, a Petrobras vai transferir algumas das atividades financeiras do escritório em Tóquio para a Ilha de Okinawa, que fica a cerca de 1,6 mil quilômetros da capital japonesa. Em Okinawa, a maior ilha do arquipélago Riukyu, no extremo sul do Japão, está localizada a refinaria Nansei Sekiyu, que está operando normalmente.

Os efeitos do terremoto que atingiu o nordeste do país asiático não afetaram a operação da refinaria, que produz petróleo leve e derivados de alta qualidade, segundo informou a companhia. A Petrobras conta com cerca de 20 empregados brasileiros no Japão, que estão em Okinawa. Nenhum funcionário ficou ferido por causa do terremoto, nem na refinaria, nem no escritório. A assessoria apura quantos funcionários trabalham no escritório em Tóquio.    

veja também