MENU

Piratas somalis libertam navio grego com 21 tripulantes

Piratas somalis libertam navio grego com 21 tripulantes

Atualizado: Segunda-feira, 18 Outubro de 2010 as 10:01

Piratas somalis libertaram um navio grego de bandeira panamenha com 21 tripulantes filipinos, disse nesta segunda-feira à agência Efe Andrew Mwangura, diretor do Programa de Assistência Marítima (PAM) do leste da África, com sede no porto queniano de Mombaça.

Mwangura afirmou que o cargueiro VOC Daisy foi libertado na noite de domingo, depois que os piratas, que retiveram o navio no dia 21 de abril, receberam resgate dos armadores gregos.

De acordo com comunicado divulgado nesta segunda pela ONG Ecoterra, que tem sede em Nairóbi e faz acompanhamento da navegação, da pesca e da pirataria no Índico, a embarcação foi sequestrada há seis meses a 190 milhas sudeste do porto de Salalah, em Omã. Após sua libertação, o VOC Daisy partiu em direção a Salalah, segundo a Ecoterra.

A Força Naval da União Europeia (UE NAVFOR, na sigla em inglês), que faz a vigilância da região da Somália, também confirmou a libertação em comunicado. No dia 21 de abril, quatro piratas somalis armados com fuzis AK47 e lança-granadas abordaram o navio, dominaram os tripulantes e cortaram a comunicação antes fosse possível soar o alarme.

Enquanto esteve sob domínio dos piratas, a embarcação, um cargueiro de 47 mil toneladas, permaneceu retida na localidade de Garacad, no litoral somali, e o resgate, segundo a Ecoterra, foi entregue por outra embarcação aos piratas que se encontravam a bordo. Segundo números da Ecoterra, os piratas somalis têm atualmente em seu poder 25 navios, com 453 tripulantes como reféns.    

veja também