MENU

Polícia investiga se havia mais de um atirador na Noruega

Polícia investiga se havia mais de um atirador na Noruega

Atualizado: Domingo, 24 Julho de 2011 as 8:26

A polícia da Noruega confirmou neste sábado (23) que a explosão que matou 7 pessoas na véspera no QG do governo do país em Oslo foi causada por um carro-bomba. A informação foi dada pelo chefe de polícia Sveinung Sponheim.

A polícia ainda investigando a hipótese de ter mais um envolvido na explosão de uma bomba e no tiroteio que podem ter deixado até 98 mortos em Oslo, na sexta.

O suspeito de abrir fogo admitiu ser o autor dos diparos, afirmou Sponheim, acrescentando que os agentes ainda investigam se uma segunda pessoa teria participado do atentado na ilha, como dão a entender alguns depoimentos.

"Nós não sabemos ainda", disse o chefe da polícia em entrevista coletiva, ao ser questionado sobre a hipótese de mais de um atirador. "O suspeito se entregou à polícia quando os agentes chegaram, sem opor resistência", contou o oficial.

De acordo com o chefe da polícia, o número de mortos pode chegar a 98 devido ao número de vítimas desaparecidas na ilha de Utoeya, palco do massacre.

"Os tiros foram disparados por cerca de uma hora e meia", afirmou o policial, acrescentando que o atirador carregava duas armas.

Equipes de emergência estão vasculhando a água com barcos e câmeras subaquáticas em busca de vítimas que tentaram fugir do atirador a nado.  

veja também