MENU

Poluição de usinas de carvão afeta águas subterrâneas nos EUA, diz ONG

Poluição de usinas de carvão afeta águas subterrâneas nos EUA, diz ONG

Atualizado: Quarta-feira, 14 Dezembro de 2011 as 3:11

Relatório publicado nesta terça-feira por uma organização ambiental dos Estados Unidos afirma que o lençol freático localizado próximo a usinas de carvão instaladas em 19 diferentes regiões do país estão contaminados com arsênico e outros produtos tóxicos.

Em alguns casos, segundo a ONG “Projeto de Integridade Ambiental” (EIP, na sigla em inglês), o nível de contaminação por arsênico, considerado venenoso, está dez vezes maior que o permitido pelas autoridades americanas. Esta poluição colocaria em risco a saúde das pessoas que vivem próximo às águas subterrâneas.

Os poluentes viriam das cinzas que saem das usinas de energia movidas a carvão, de acordo com ambientalistas. “Onde quer que você olhe, há poluição”, afirma Russell Boulding, funcionário da EIP.

Eles acreditam que, se houvesse controle na poluição atmosférica, as águas subterrâneas estariam menos contaminadas por resíduos. Além de arsênico, o relatório aponta ainda a presença de bário, chumbo e outras substâncias tóxicas.

Ambientalistas fazem protesto em Durban, na África do Sul, sede da COP 17, onde simulam o enterro do uso do carvão (coal, em inglês) na indústria de energia (Foto: Mike Hutchings/Reuters)        

veja também