MENU

Presidente afegão abre Parlamento apesar de protestos de deputados

Presidente afegão abre Parlamento apesar de protestos de deputados

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 9:30

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai deu início nesta quarta-feira (26) à segunda legislatura desde a queda do regime talibã, no fim de 2001, em um clima de persistentes protestos pelos resultados das eleições legislativas de setembro.

Depois de um longo discurso, o chefe de Estado prestou juramento coletivo, sobre um Alcorão, ante os membros do novo Parlamento, deputados da Wolesi Jirga (câmara baixa) e senadores da Meshrano Jirga (câmara alta) reunidos.     A data da inauguração parlamentar provocou um confronto de cinco dias entre os deputados da Wolesi Jirga, proclamados eleitos no fim de novembro pela Comissão Eleitoral Independente (CEI), e Karzai.

O presidente anunciou inicialmente o adiamento da sessão para 22 de fevereiro, para permitir uma análise das queixas vinculadas aos resultados das eleições. Furiosos, os deputados proclamados eleitos ameaçaram abrir os trabalhos do novo Parlamento sem a presença dele.

Na segunda-feira, Karzai aceitou o início da nova legislatura nesta quarta-feira, provocando desta vez a revolta dos candidatos derrotados, que desejam a anulação dos resultados proclamados pela CEI.    

veja também