MENU

Presidente de Israel faz visita de Estado ao Brasil

Presidente de Israel faz visita de Estado ao Brasil

Atualizado: Terça-feira, 10 Novembro de 2009 as 12

O presidente de Israel e prêmio Nobel da Paz, Shimon Peres, chega a Brasília preocupado com o aumento da influência iraniana no continente; ele chega dias antes dos líderes do Irã e dos palestinos

O presidente de Israel, Shimon Peres, começa nesta terça-feira (10) uma visita de Estado ao Brasil, a primeira em 43 anos. Prêmio Nobel da Paz e político respeitado, Peres vem ao país dias antes do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, considerado pelos israelenses uma das principais ameaças ao Estado judeu. O aumento da influência iraniana na América do Sul é tema de preocupação em Tel Aviv.

Na segunda-feira, a porta-voz da Presidência de Israel, Ayalet Frish, disse que  ''o presidente (Peres) vai conversar sobre a infiltração iraniana na América do Sul''. Peres também visita a Argentina.

O Oriente Médio vai ganhar ainda mais destaque na agenda política brasileira na próxima semana, com a visita de Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Nacional Palestina. Além disso, amanhã serão lembrados os cinco anos da morte do líder palestino Yasser Arafat (1929-2004), com quem Peres dividiu seu Nobel em 1994, além do israelense Yitzhak Rabin (1922-1995), assassinado há 15 anos por um extremista judeu.

Irã tenta ganhar força na região

Há a desconfiança de que Ahmadinejad use o crescimento comercial entre o Irã e a América do Sul para ganhar mais força política na região. O líder iraniano não aceita a existência do Estado de Israel, já disse que gostaria de varrer Israel do mapa e é suspeito de estar desenvolvendo um programa nuclear que teria o objetivo de produzir armas atômicas.

Além disso, o Brasil assume no próximo ano uma vaga rotativa no Conselho de Segurança da ONU, que faz o país mais importante ainda para ambos os líderes.

A aproximação de Peres, de certa forma, é uma retomada dos laços entre Israel e o Brasil. Ao contrário do Irã, há uma comunidade judaica tradicional instalada no país.

O próprio Peres, de maneira muito polida, advertiu que irá tratar sobre Ahmadinejad com o presidente Lula em entrevista ao Jornal da Record antes de vir ao Brasil:

veja também