MENU

Presidente do Iêmen promete nova Constituição até o fim de 2011

Presidente do Iêmen promete nova Constituição até o fim de 2011

Atualizado: Quinta-feira, 10 Março de 2011 as 11:52

O presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, anunciou nesta quinta-feira (10) que promoverá mudanças na Constituição do país antes do fim deste ano para reafirmar a separação de poderes e estabelecer um sistema parlamentar, como propõe a oposição.

O governante fez a promessa em um comício que liderou em um estádio da capital iemenita, Sana, cenário de protestos populares há mais de um mês para exigir a queda do seu regime. "Proponho uma nova iniciativa para evitar rebelião do país", disse ele a milhares de pessoas.

  Os oposicionistas ao presidente não receberam bem a proposta. Segundo um porta-voz dos manifestantes, Mohamed Qahtan, “esta iniciativa veio muito tarde”, e a exigência é pelo fim imediato do poder de Saleh.

Saleh na Presidência

O presidente Ali Abdullah Saleh reiterou no sábado (5) que permanecerá no poder até o final do seu mandato, em 2013, rejeitando um plano da oposição para que deixe o governo neste ano. 'A transição de poder pacífica e suave não é feita pelo caos, mas pela vontade das pessoas expressada por meio das eleições', disse, em comunicado, o gabinete presidencial.

Saleh, um aliado dos Estados Unidos em sua batalha contra um braço da al-Qaeda que se refugia em seu país, encontrou dificuldade para achar uma trégua com rebeldes xiitas no norte e suprimir uma crescente rebelião separatista no sul. Manifestações ocorreram em todo o Iêmen, um país de 23 milhões de habitantes e que faz fronteira com o maior exportador mundial de petróleo, a Arábia Saudita.    

veja também