MENU

Professor britânico é condenado por relações sexuais com alunas

Professor britânico é condenado por relações sexuais com alunas

Atualizado: Terça-feira, 5 Abril de 2011 as 10:23

Um professor de educação física britânico foi condenado nesta terça-feira a seis anos de prisão, por ter mantido relações sexuais com três de suas alunas, com idades entre 14 e 16 anos.

Christopher Drake, de 29 anos, gostava de ser conhecido pelo apelido de 'garanhão de Salford'.

Drake, que havia sido promovido recentemente a diretor-assistente da escola onde trabalhava, na Grande Manchester, admitiu 18 acusações de atividade sexual imprópria com menores de idade.

As relações de Drake com as alunas foram descobertas no Dia dos Namorados no ano passado, quando duas das adolescentes descobrirem que ele estava se encontrando com as duas ao mesmo tempo.

Após o escândalo feito pelas adolescentes, a polícia foi chamada à casa do professor e ele foi preso.

Elogios

Segundo o promotor Justin Hayhoe, uma das vítimas, de 16 anos, relatou como Drake dava a ela caronas à sua casa e fazia elogios à sua beleza. Ele então teria conseguido o número de telefone da adolescente e passou a enviar mensagens com carinhas felizes.

Ela somente descobriu de quem eram as mensagens após uma delas ser assinada como 'garanhão de Salford', apelido que ele gostava de usar e que era conhecido dos alunos.

O advogado de defesa de Drake, Adam Watkins, afirmou que ele admite que seus relacionamentos com as adolescentes foram 'errados, inapropriados e potencialmente abusivos e destrutivos'.

Segundo o advogado, Drake gostava de sua popularidade, mas falhou em estabelecer limites apropriados em seu relacionamento com os alunos.      

veja também