MENU

Professor filmou abusos sexuais a alunas de escola primária

Professor filmou abusos sexuais a alunas de escola primária

Atualizado: Terça-feira, 14 Junho de 2011 as 2:07

Reportagem do 'Belfast Telegraph" mostra foto do

professor Nigel (Foto: Reprodução)

  Um professor de uma escola primária de Somerset, na Inglaterra, filmou a si mesmo abusando sexualmente de alunas na própria sala de aula, informa o diário inglês “Belfast Telegraph” nesta terça-feira (14).

De acordo com o jornal, Nigel Leat, de 51 anos, filmou cenas chocantes de abuso em pelo menos cinco crianças durante o período de cinco anos na escola primária Hilside.

Familiares das vítimas, diz a reportagem, choraram ao ouvir detalhes dos crimes durante audiência num tribunal de Bristol. Nas imagens, o professor aparece molestando as meninas enquanto elas faziam leituras em voz alta na classe.

Leat pode ser visto na maioria das imagens, filmadas na sala dos professores e num sala de pesquisa.

O professor, pai de dois filhos, inicialmente negou todas as acusações. Mas confessou após serem exibidos os vídeos encontrados pela polícia no computador pessoal que mantinha em casa.

“O réu assumiu riscos -ele arrumou os locais de modo a evitar a detecção. As evidências mostram que ele criou essas oportunidades para abusar dessas crianças”, disse o promotor Simon Morgan durante a audiência, segundo o jornal.

Leat admitiu ter cometido 36 casos, incluindo uma tentativa de estupro a uma menina e diversos abusos sexuais.

De acordo com o jornal, o professor, que estava na escola há 15 anos e era popular, foi advertido em 2008 sobre ser muito "carinhoso" com as meninas em sua classe pelo diretor-adjunto da escola, o que poderia provocar reclamações de comportamento inadequado com as alunas. Nenhum ação, no entanto, foi tomada pela instituição.          

veja também