MENU

Protestos anti-Kadhafi mataram ao menos 6.000 na Líbia, diz entidade

Protestos anti-Kadhafi mataram ao menos 6.000 na Líbia, diz entidade

Atualizado: Quarta-feira, 2 Março de 2011 as 3:10

A repressão à insurreição popular na Líbia já deixou pelo menos 6.000 mortos, sendo 3.000 na capital, Trípoli, disse nesta quarta-feira (2) em Paris o porta-voz da Liga Líbia dos Direitos Humanos, Ali Zeidan.

Fora as 3.000 vítimas na capital, 2.000 teriam morrido na cidade de Banghazi e mil em outras cidades, disse ele em entrevista.

"Isso é o que o povo nos disse, mas pode haver mais mortos", acrescentou.

O número de vítimas é incerto, pois o acesso à informação é difícil.     O governo inicialmente falou em 300 mortos, mas, nesta quarta, o ditador Muammar Kadhafi afirmou que apenas 150 pessoas morreram.

Entidades pró-direitos humanos falam que entre 2.000 e 3.000 pessoas morreram.    

veja também