MENU

Protestos contra o novo governo se intensificam na Tunísia

Protestos contra o novo governo se intensificam na Tunísia

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 10:03

A polícia da Tunísia dispersou nesta terça-feira (18) com bombas de gás lacrimogêneo e cassetetes mais de 100 manifestantes que protestavam contra a presença de ex-ministros do deposto presidente Zine El Abidine Ben Ali no governo de transição formado na segunda-feira.

Os manifestantes gritaram frases contra o partido RCD, de Ben Ali, que fugiu para a Arábia Saudita depois de não aguentar os protestos que provocaram pelo menos 78 mortes no país.

"Podemos viver apenas com pão e água, mas não com o RCD", gritaram   A polícia dispersou a manifestação, mas outros protestos estão previstos para esta terça-feira.

A manifestação foi convocada pelo líder islâmico Sadok Shuru, 63 anos.

Shuru, ex-presidente do proibido movimento islamita tunisiano Ennahda, foi liberado da prisão em 30 de outubro. Ele passou 20 anos na prisão por suas atividades políticas.

"O novo governo não representa o povo e deve cair. Não ao RCD", declarou à AFP durante a manifestação.    

veja também