MENU

Qatar utiliza Al-Jazeera como instrumento de pressão

Qatar utiliza Al-Jazeera como instrumento de pressão

Atualizado: Segunda-feira, 6 Dezembro de 2010 as 10:06

O Qatar utiliza o canal de televisão Al-Jazeera como um instrumento de pressão em negociações com alguns países, afirmam telegramas diplomáticos americanos divulgados pelo site WikiLeaks e publicados pelo jornal britânico "The Guardian".

Apesar do canal insistir em sua independência editorial, "é uma das ferramentas políticas e diplomáticas mais preciosas do Qatar", destaca o autor de uma das notas diplomáticas.

O emirado adapta a cobertura da Al-Jazeera para satisfazer dirigentes estrangeiros, afirmam os documentos.

Um telegrama diplomático de novembro de 2009 previa que o canal poderia ser utilizado "como um meio de pressão para melhorar as relações com outros países, em particular os que não apreciam as reportagens da Al-Jazeera, inclusive os Estados Unidos".

Em fevereiro, a embaixada americana em Doha escreveu a Washington que as relações entre Qatar e Arábia Saudia melhoraram depois que o Qatar aceitou, veladamente, as críticas da família real saudita sobre a Al-Jazeera.

O embaixador americano no Qatar, Joseph LeBaron, destacou no entanto em um telegrama que a cobertura dos acontecimentos no Oriente Médio pelo canal é "relativamente livre e aberta".    

veja também