MENU

Quatro jornalistas do 'New York Times' são libertados na Líbia

Quatro jornalistas do 'New York Times' são libertados na Líbia

Atualizado: Segunda-feira, 21 Março de 2011 as 10:19

Os quatro jornalistas do "New York Times" que haviam sido presos por forças de Muammar Kadhafi na Líbia foram libertados, estão na Embaixada da Turquia em Trípoli, capital líbia, e vão ser mandados de volta para casa "em horas", disse nesta segunda-feira (21) o chanceler turco, Ahmet Davutoglu.

O jornal havia informado na sexta que os quatro, incluindo um vencedor do prêmio Pulitzer, que estavam desaparecidos na Líbia deste terça-feira, estavam presos por forças do governo e seriam libertados em breve.     O jornal informou que entre os jornalistas presos estava o chefe de redação do escritório de Beirute, Anthony Shadid, duas vezes vencedor do prêmio Pulitzer, o mais prestigiado do jornalismo americano.     Os outros são Stephen Farrell, um repórter e cinegrafista que foi sequestrado pelo Talibã em 2009 e resgatado por comandos britânicos, e dois fotógrafos, Tyler Hicks e Lynsey Addario, ambos com longa experiência em trabalhos no Oriente Médio e na África.

Eles estavamno país para cobrir os violentos confrontos entre tropas leais a Kadhafi e rebeldes oposicionistas que tentam derrubar o governo.

Eles estavam perto da cidade portuária de Ajdabiya durante os combates entre rebeldes e forças do ditador.      

veja também