MENU

Questão marítima com Chile avança em Haia, afirma Peru

Questão marítima com Chile avança em Haia, afirma Peru

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 2:26

O ministro peruano das Relações Exteriores, José Antonio García Belaúnde, afirmou que a demanda para fixar os limites marítimos com o Chile está "muito bem encaminhada" na Corte Internacional de Justiça, em Haia.

Belaúnde disse acreditar em um veredicto favorável ao Peru, apesar de o país passar por uma troca de governo no mês que vem, quando o presidente eleito Ollanta Humala tomará posse.

O chanceler recordou que as relações entre Chile e Peru ficaram travadas em um primeiro momento devido à campanha presidencial chilena de 2010, na qual o ex-presidente Eduardo Frei criticou duramente a demanda peruana.

Apesar disso, o ministro destacou as visitas que Humala fez a países da região antes de assumir a Presidência e elogiou a melhora nas relações do Peru com Equador, Bolívia e Brasil durante o governo de Alan García.

A demanda marítima foi levada à Corte de Haia em janeiro de 2008. O Peru, que quer fixar os limites com o Chile, defende que os acordos assinados entre ambas as nações em 1952 e 1954 não passam de tratados de pesqueiros. Já o governo chileno afirma que esses acordos servem para demarcar fronteiras.

veja também