MENU

Rebeldes líbios dizem que foram atingidos por bombardeio da Otan

Rebeldes líbios dizem que foram atingidos por bombardeio da Otan

Atualizado: Quinta-feira, 7 Abril de 2011 as 11:27

Um ataque aéreo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) atingiu militantes opositores ao regime líbio perto da cidade petrolíferade Brega nesta quinta-feira (7), matando pelo menos cinco pessoas, segundo combatentes rebeldes e um funcionário do hospital.   Segundo a agência de notícias Reuters, macas estão são levadas para um hospital em Ajdabiyah, onde os feridos no ataque estão sendo tratados. "Foi um ataque aéreo da Otan sobre nós. Estávamos perto dos nossos veículos próximo a Brega", disse o lutador ferido Younes Jumaa, no hospital.

Foi a segunda vez em menos de uma semana que os rebeldes culpam a Otan por bombardear seus companheiros por engano. Treze morreram em um ataque aéreo perto do mesmo local no último sábado.     A enfermeira Mohamed Ali disse que pelo menos cinco pessoas morreram no ataque de quinta-feira. Alguns rebeldes estavam chorando de joelhos no corredor. "Estávamos de pé pelos nossos tanques e a Otan disparou dois foguetes contra nós", disse um deles, Salem Mislat. "A Otan é mentirosa. Eles estão ao lado de [Muammar] Kadhafi."

A Líbia enfrenta uma batalha desde o começo deste ano, quando manifestações pedindo a renúncia do ditador Kadhafi, há 42 anos no poder, se tornaram confrontos violentos e passaram a ser reprimidos com força pelo regime. No dia 17 de março, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução que valida quaisquer medidas necessárias para impedir um massacre de civis. Dois dias depois, a coalizão internacional liderada por Estados Unidos, França e Grã-Bretanha começou a bombardear a Líbia. O atual comando das operações está nas mãos da Otan.      

veja também