MENU

Relação entre EUA e China é chave da estabilidade mundial, diz Hillary

Relação entre EUA e China é chave da estabilidade mundial, diz Hillary

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 4:31

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, disse nesta quarta-feira (19) que o governo Obama quer encontrar o máximo de pontos em comum com a China. Segundo ela, em entrevista à rede NBC, as relações entre os dois países são a chave da estabilidade mundial no século XXI.

A declaração foi feita antes do encontro de Barack Obama com seu colega chinês, Hu Jintao.

"Não queremos um relacionamento de soma zero", disse.

Hillary também pediu mais cooperação com a China na questão do programa nuclear da Coreia do Norte.     Visita

Hu Jintao chegou na terça a Washington para uma delicada visita de Estado, com uma agenda com profundas diferenças no plano econômico, em termos de direitos humanos e em temas geopolíticos pendentes.

Hu foi convidado para uma ceia privada incomum na Casa Branca com o presidente Barack Obama, antes de iniciar a visita oficial propriamente dita.

O presidente chinês receberá na quarta honras militares, antes de uma nova conversa com Obama no Salão Oval, participando em seguida de um jantar de Estado - o terceiro concedido por Obama a um presidente estrangeiro em dois anos de presidência.

A presença de Hu pode representar o início de uma virada nas relações entre as duas potências - será sua última visita aos Estados Unidos antes de começar uma transição política na China, que chegará ao auge com a eleição de um novo líder, em 2013.

Obama só poderá exibir durante o encontro uma pobre recuperação econômica, enquanto Hu chega montado num crescimento imcomparável, que estende o poderio chinês por todo o mundo.

A Casa Branca planejou a visita minuciosamente, sem se esquivar das áreas de divergência, mas ao mesmo tempo disposta a apontar um horizonte carregado de possibilidades para ambas as potências.    

veja também