MENU

Reservas líbias de armas químicas estão 'seguras', afirma Pentágono

Reservas líbias de armas químicas estão 'seguras', afirma Pentágono

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 2:54

O Pentágono afirmou nesta quarta-feira (24) que as reservas de armas químicas da Líbia estão "seguras", mas que um arsenal de centenas de mísseis de curto alcance continua sendo motivo de preocupação.

Consultado sobre se os locais onde estão armazenadas as armas químicas estavam seguros, incluindo cerca de 10 toneladas de gás mostarda, o porta-voz do Pentágono, Coronel Dave Lapan, disse "sim".     Na véspera, o Pentágono havia afirmado que estava "monitorando" o destino das armas de destruição em massa do ditador Muammar Kadhafi, que tenta resistir após a tomada de Trípoli pelos rebeldes que combatiam seu governo havia mais de seis meses.

Os americanos temem que o armamento caia em "mãos erradas" em meio à insegurança que reina no país.

Kadhafi aderiu à Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW) em 2004 depois de renunciar às armas de destruição em massa em dezembro de 2003, mas, mesmo assim, teve que eliminar 11,25 toneladas de gás mostarda quando começaram os protestos para tirá-lo do poder em fevereiro.          

veja também