MENU

Retorno de percevejos no verão traz pesadelo e oportunidade em NY

Retorno de percevejos no verão traz pesadelo e oportunidade em NY

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 11:08

Infestada por percevejos nos últimos verões, a cidade de Nova York se prepara para mais uma temporada de convivência com os pequenos insetos, que se alimentam de sangue humano.

Essa proliferação, ainda que seja um pesadelo para empresas, clientes e cidadãos comuns, abre oportunidades de lucros para alguns profissionais.

  A capital financeira dos Estados Unidos abriga 9 milhões de pessoas que vivem e trabalham em incrível proximidade, o que cria condições perfeitas para que os percevejos se multipliquem.

Uma infestação de percevejos é fácil de adquirir e difícil de ser erradicada. Os insetos podem ser pegos em táxis ou cinemas, no metrô e em quartos de hotel.

No ano passado, lojas famosas da cidade foram afetadas, entre elas a rede de roupas íntimas Victoria's Secret e a loja de moda adolescente Hollister.

Danos à imagem

Percevejos em estabelecimentos comerciais são uma péssima notícia. Empresas especializadas em erradicar as pragas podem cobrar até dezenas de milhares de dólares por seus serviços.

Infestação de percevejos é fácil de adquirir e difícil de ser erradicada (Foto: AP)

  Mas os danos à reputação do estabelecimento podem ser mais difíceis de contabilizar e contornar, disse o advogado Scott Bermack, do escritório de advocacia nova-iorquino LeClair Ryan.

"Você ouve falar de um percevejo em uma loja ou hotel e os clientes saem correndo para espalhar (a notícia) aos amigos e na internet."

E há grandes chances de que fregueses enraivecidos entrem com processos legais contra a empresa em questão, disse o advogado.

"Alguns processam por danos aos móveis, às roupas. Há pessoas que processam por dor e sofrimento, por danos emocionais ou psicológicos."

E como interessa às empresas limitar a publicidade negativa, muitos desses casos terminam em acordos judiciais - o que adiciona outros milhares de dólares à conta dos danos causados pelos percevejos.

Combate

Esses acordos judiciais rendem dividendos a advogados. Mas eles não são os únicos a se beneficiar do avanço dos percevejos.   "(A epidemia) tem sido ótima em termos de retorno comercial", disse Timothy Wong, diretor de controle de pragas da empresa M&M Environmental.

"Seis ou sete anos atrás, serviços envolvendo percevejos representavam 1% dos nossos ganhos. Hoje, respondem por mais de 25% do faturamento", disse. "Estamos tratando (a invasão dos percevejos) em quase todos os lugares, desde escritórios até lojas de varejo, hotéis, lojas de departamento e empresas aéreas."

Obviamente, a crescente demanda fez com que muitos empresários tentassem a sorte no ramo de controle de pragas. Mas, segundo Wong, poucos deles tiveram sucesso.

"Muitos novatos entraram no setor. Mas o curioso é que 60% ou 70% dos que começaram (nesse mercado em 2010) já o abandonaram. É uma indústria com a qual não estavam familiarizados. As despesas são enormes e os equipamentos e treinamentos são caros."

Mas, para a empresa de Wong, os negócios estão crescendo, fato atestado pela multidão de vendedores que se amontoam no pequeno corredor do escritório, atendendo ligações de cidadãos e empresários preocupados com percevejos.

Pragas mais resistentes

E a demanda deve continuar crescendo, já que inseticidas que costumavam ser eficientes contra percevejos, como DDT, foram banidos, enquanto os insetos foram se tornando cada vez mais imunes aos demais venenos.

A atividade dos percevejos aumenta durante os meses de verão, e especialistas acreditam que esta temporada no hemisfério Norte não será uma exceção.

E, além de Nova York, outras cidades devem ser afetadas pela proliferação dos insetos. Percevejos são notórios viajantes, e sinais de epidemia já surgiram em metrópoles como Filadélfia, Los Angeles, Washington, Londres e Paris - abrindo oportunidades de negócios para uns e provocando noites de insônia para outros.          

veja também