MENU

Rússia ainda pode usar armas nucleares por prevenção

Rússia ainda pode usar armas nucleares por prevenção

Atualizado: Quarta-feira, 14 Outubro de 2009 as 12

A nova doutrina militar russa reitera a possibilidade do emprego preventivo de armas nucleares, antecipou o secretário do Conselho de Segurança Nacional da Rússia, Nikolai Patrushev, em entrevista publicada nesta quarta (14) pelo jornal ''Izvestia''.

A nova redação da doutrina militar ''não exclui o lançamento de um ataque nuclear preventivo contra o agressor em momentos críticos para a segurança nacional'', disse Patrushev. Acrescentou que o documento contempla ''a possibilidade do emprego de armas nucleares dependendo das condições da situação e das intenções do inimigo provável''.

Patrushev explicou que segundo a nova doutrina militar, a Rússia ''modificará as condições do emprego das armas nucleares em caso de uma agressão com armas convencionais não só em uma guerra de envergadura, mas também em guerras regionais e, inclusive, locais''.

O secretário do Conselho de Segurança da Rússia não explicou quais serão essas remodelações, mas disse que o documento visa conservar a condição de potência nuclear do país para garantir a contenção nuclear de seus inimigos potenciais. Segundo Patrushev, o projeto da nova doutrina militar será apresentado ao presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, para sua aprovação antes de fim de ano.

veja também