MENU

Rússia quer fornecer todo gás necessário à China

Rússia quer fornecer todo gás necessário à China

Atualizado: Segunda-feira, 27 Setembro de 2010 as 10:45

O presidente russo Dmitri Medvedev foi recebido hoje em Pequim pelo presidente chinês Hu Jintao, no segundo dia de sua visita voltada a negociações "estratégicas" sobre exportações de gás russo para a China. A Rússia, maior produtor de gás do mundo, quer fornecer todo o insumo necessário à China, maior consumidor mundial de gás.

O líder chinês espera que a visita de Medvedev permita "desenvolver esta parceria entre os dois países, com início das operações marcado para 2015", disse Jintao. A gigante russa Gazprom e a companhia estatal petrolífera da China (CNPC) poderão firmar o contrato do acordo já em meados de 2011, anunciou o vice-primeiro ministro russo, Igor Sechin, que acompanha a Medvedev nesta viagem de três dias. "As discussões atuais são "estratégicas e promissoras", afirmou Sechin.

Em outubro de 2009, durante visita do premiê russo, Vladimir Putin, Gazprom e CNPC firmaram um acordo histórico que prevê a venda anual de 70 bilhões de metros cúbicos de gás russo à China. Os dois presidentes devem participar hoje de uma cerimônia de inauguração do oleoduto Sibéria-Pacífico. Esse oleoduto, que transportará petróleo da Sibéria até as refinarias na cidade de Daqing, no noroeste da China, começará a funcionar daqui a alguns meses.

Postado por: Guilherme Pilão

veja também