MENU

Rússia quer o fim da zona de exclusão aérea sobre a Líbia

Rússia quer o fim da zona de exclusão aérea sobre a Líbia

Atualizado: Quinta-feira, 15 Setembro de 2011 as 2:51

A Rússia quer que o Conselho de Segurança da ONU acabe com a zona de exclusão aérea na Líbia , que permitiu os bombardeios da Otan contra o país árabe, debilitando o regime do ex-ditador Muammar Kadhafi, anunciou nesta quinta-feira (15) o ministério das Relações Exteriores.

"Levando em conta a mudança na situação na Líbia, a Rússia propôs incluir no projeto (de resolução do Conselho de Segurança) uma disposição para anular a zona de exclusão aérea", afirmou o porta-voz do ministério, Alexandre Lukachevitch.   A Rússia , que permitiu estabelecer a zona de exclusão quando se absteve, durante a votação de março na ONU, criticou enfaticamente as forças ocidentais que participaram nos ataques aéreos contra a Líbia, estimando que ultrapassavam o mandado que receberam da ONU.

Na quarta-feira, os diplomatas da ONU indicaram que o projeto de resolução prevê aliviar as sanções impostas à Líbia e que o envio ao terreno de uma missão das Nações Unidas estava em estudo no Conselho de Segurança, o que foi confirmado pelo porta-voz russo.          

veja também