MENU

Saída imediata de Mubarak é 'apelo ao caos', diz vice-presidente do Egito

Saída imediata de Mubarak é 'apelo ao caos', diz vice-presidente do Egito

Atualizado: Quinta-feira, 3 Fevereiro de 2011 as 4:37

O vice-presidente do Egito, Omar Suleiman, disse nesta quinta-feira (3) na TV pública que a saída imediata do presidente Hosni Mubarak, exigida pelo movimento oposicionista, é um "apelo ao caos".

A declaração foi feita em entrevista gravada previamente.

Suleiman -que assumiu o cargo na semana passada, em uma tentativa de conciliação do presidente com a oposição- garantiu que nem ele, nem o presidente Mubarak nem o filho de Mubarak, Gamal, vão concorrer às eleições presidenciais previstas para setembro.     A oposição teme que Mubarak, que insiste em permanecer no poder até as eleições, esteja tentando ganhar tempo e "emplacar" o filho como sucessor.

Suleiman prometeu punir todos os envolvidos na violência de rua dos últimos dez dias e soltar todos os manifestantes presos e que não estejam envolvidos em atos violentos.

Ele recusou a "interferência externa" nos assuntos do país e disse que os confrontos de rua podem ter sido resultado de "conspiração", tramada no Egito ou mesmo no exterior.   O vice disse que as perdas do país com turismo nos dias de revolta chegam a US$ 1 bilhão. Segundo ele, um milhão de turistas deixaram de visitar o Egito no período.    

veja também