MENU

Sem revelar planos, Schwarzenegger deixa governo da Califórnia

Sem revelar planos, Schwarzenegger deixa governo da Califórnia

Atualizado: Segunda-feira, 3 Janeiro de 2011 as 3:38

Arnold Schwarzenegger deixa nesta segunda-feira (3) seu cargo de governador da Califórnia, sem nada revelar sobre seus projetos futuros, após sete anos à frente do estado mais povoado e rico dos Estados Unidos.

O democrata Jerry Brown vai suceder ao ex-Mister Universo e estrela de Hollywood.

"Há muitas opções: fazer filmes, escrever livros", declarou o ex-governador, com 63 anos de idade, durante uma recente viagem oficial a Moscou.

Arnold Schwarzenegger, que possui vários apelidos - de Arnie a "Governator", em alusão ao filme de sucesso Exterminador do Futuro (em inglês, "Terminator") -, disse que ficaria concentrado em suas responsabilidades políticas até o fim de seu mandato.

Apesar de ter impressionado com sua transformação em "republicano liberal" defensor do meio ambiente - o que lhe valeu a reeleição em 2006 -, sua popularidade sofreu muito nos últimos anos por causa da crise na Califórnia, violentamente atingida pela recessão econômica.

Mas muitos observadores especulam sobre a sequência de sua carreira política. Alguns acreditam que o ator concorra ao Congresso, em Washington, ou ganhe um posto relacionado ao meio ambiente na administração Obama.

Uma coisa é certa: ele não disputará com Obama a Casa Branca em 2012, já que a presidência é reservada somente às pessoas nascidas nos Estados Unidos. Apesar de naturalizado americano, Schwarzenegger é originário de uma pequena cidade perto de Graz, na Áustria.

Foi em 1968, aos 21 anos, que Arnold Schwarzenegger desembarcou nos EUA, sem um centavo no bolso e um currículo com algumas vitórias em competições de fisiculturismo na mão.

Após conseguir um diploma em negócios, ele se tornou milionário ao ganhar títulos de Mister Universo e ao se voltar para o cinema, onde interpretou personagens cheios de músculos, como "Conan, o Bárbaro" (1982).

Mas foi com "Exterminador do Futuro" que ele atingiu a glória, com seu famoso bordão que entrou para a cultura popular americana: "Eu voltarei" (I'll be back").

veja também