MENU

Senado dos EUA encerra discussão sobre o Start e prepara ratificação

Senado dos EUA encerra discussão sobre o Start e prepara ratificação

Atualizado: Quarta-feira, 22 Dezembro de 2010 as 10:08

O senado dos EUA decidiu nesta terça-feira, 21, encerrar o debate sobre o novo Start (sigla em inglês para Tratado de Redução de Armas Estratégicas) firmado em abril com a Rússia, o que abre espaço para que o acordo seja ratificado. A votação do novo Start deve ocorrer na quarta-feira.

A expectativa é de que o novo Start seja ratificado pelo Senado. Nove senadores republicanos anunciaram que votarão a favor do acordo, o que dá aos democratas a maioria de dois terços necessária para passá-lo. O presidente Barack Obama pressionou os parlamentares a aprovar o tratado dizendo que não se trata de uma disputa política, mas sim de uma questão de "segurança nacional".

Lamar Alexander, o terceiro na hierarquia republicana no Senado, foi um dos que se posicionou favoravelmente ao Start. Em discurso no plenário, ele defendeu que os americanos estarão mais seguros com o novo acordo bilateral entre Washington e Moscou do que sem ele.

A ala republicana do Senado desejava apresentar emendas ao tratado, o que foi imediatamente rejeitado pelos democratas. A Rússia disse que qualquer mudança no texto original significaria a quebra do compromisso de Washington.

O novo Start foi assinado por Obama e pelo presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, em abril deste ano e prevê que os países reduzam para até 1.550 o número de ogivas nucleares em sua posse - uma redução de 30%. O acordo substitui pactos da época da Guerra Fria, quando Moscou e Washington travavam uma corrida armamentista.

A retificação do Start representa um importante triunfo político para Obama. A renovação do acordo é uma das prioridades da política externa do presidente democrata.    

veja também