MENU

Síria assina acordo que permite entrada de observadores no país

Síria assina acordo que permite entrada de observadores no país

Atualizado: Segunda-feira, 19 Dezembro de 2011 as 1:25

A Síria firmou nesta segunda-feira (19) um compromisso com a Liga Árabe, parte de um plano de paz que tem o objetivo de pôr fim a nove meses de repressão aos protestos contra o regime do presidente Bashar al-Assad. O acordo também prevê a retirada das forças de segurança das cidades onde há manifestações antigovernamentais, libertação de presos políticos e início de conversações com dissidentes. No entanto, o secretário-geral da Liga, Nabil Elaraby, disse, após a assinatura do protocolo sobre o ingresso dos observadores, que não há plano imediato para levantar as sanções impostas à Síria quando se recusou a permitir a entrada dos monitores.

Elaraby declarou que os observadores agora vão determinar se o governo sírio está ou não cumprindo o compromisso firmado.

"O protocolo é um mecanismo para entrar na Síria e garantir livre movimentação para assegurar a implementação da iniciativa árabe sobre a Síria. O que conta é a boa fé na sua implementação", afirmou Elaraby.

Havia várias semanas a Síria estava retardando a assinatura do protocolo sobre a entrada de observadores no país, embora tenha concordado com outras partes do plano. Segundo estimativas da ONU, mais de 5 mil pessoas já morreram no país desde que se iniciaram os protestos contra o governo.

Como forma de pressão para o fim da repressão, semanas atrás a Liga suspendeu a Síria e impôs sanções contra o país.

Garoto mostra cartaz dizendo 'As crianças da Síria estão de luto por suas infâncias', durante protesto contrário ao regime em Daria, perto de Damasco, no domingo (18) (Foto: Reuters)

Menino mostra bandeira da Síria durante manifestação a favor de Bashar al-Assad em Damasco (Foto: Muzaffar Salman/AP)        

veja também