MENU

Sobe a 117 o número de mortos por tornado nos EUA

Sobe a 117 o número de mortos por tornado nos EUA

Atualizado: Terça-feira, 24 Maio de 2011 as 1:45

Subiu a 117 o número de mortos pela passagem de um tornado no final de semana no estado do Missouri, nos Estados Unidos, e a expectativa é que mais corpos sejam encontrados nesta terça-feira (23), informaram rádios locais citadas pelo jornal "New York Times".

Equipes de resgate e voluntários viraram a noite na cidade de Joplin, a mais atingida pelos fortes ventos de quase 300 km/h, numa busca casa a casa, naquele que foi classificado com o tornado mais mortal em mais de 50 anos, segundo o "NYT".

Autoridades acreditam que ainda há muitos corpos a serem resgatados em prédios.

Carro destruído pela passagem do tornado no domingo em Joplin, no estado americano do Missouri (Foto: Eric Thayer / Reuters)

  O presidente Barack Obama, em viagem pela Europa, manifestou nesta terça-feira a sua tristeza com a devastação provocada no final de semana dizendo-se "inconsolável" e anunciou que visitará a área afetada no domingo .     "Nossos pensamentos e nossas orações estão com as famílias que estão sofrendo neste momento", disse Obama aos jornalistas em Londres, depois de prometer auxílio federal para os trabalhos de reconstrução.

"Tudo o que podemos fazer é fazê-los saber que os Estados Unidos estão profundamente preocupados com eles e vamos fazer absolutamente tudo para nos assegurarmos de que podem se recuperar", acrescentou.     Os moradores de Joplin, situada a poucos quilômetros do Kansas e de Oklahoma, removiam os escombros de suas casas, destruídas pelo tornado mais violento no país em quase 60 anos.

"Isto é tudo o que resta", disse Roger Dedick na segunda-feira, enquanto observava os restos de sua casa de 17 anos, de onde conseguiu sair com a ajuda de uma barra de metal.

Na mesma rua, Carolyn Hall tentava conter as lágrimas ao vasculhar sua casa destruída junto com seus filhos adolescentes na esperança de encontrar roupas e o gato da família, que finalmente deixou seu esconderijo embaixo de uma cama.

Voluntários procuram por sobreviventes em meio a escombros deixados pela passagem do tornado em Joplin (Foto: Eric Thayer / Reuters)

  Na esquina de uma rua, um casal encontrou dezenas de fotos e álbuns de recordações que resistiram ao enorme tornado com ventos de até 320 quilômetros por hora que atingiram a região na noite de domingo.

"Nunca mais vou ignorar os alertas", disse a mulher.

Observando com tristeza a destruição ao seu redor, seu marido disse que sua casa de 32 anos vai ser reconstruída.

Mais de 2.000 construções -um terço desta cidade de 50.000 habitantes- foram danificadas ou destruídas quando o tornado de vários quilômetros atingiu a localidade após um alerta emitido apenas 24 minutos antes.

O tornado de Joplin pode se tornar o mais mortífero nos Estados Unidos desde o começo dos registros modernos, em 1950. Um tornado em Flint, Michigan, em 1953 também deixou 116 mortos.

Os moradores de Joplin foram advertidos para a possibilidade novas tempestades mais fortes depois do tornado de domingo, que assolou uma área de 6,4 quilômetros de extensão e mais de um quilômetro de largura.

As chamas e a fumaça das tubulações de gás rompidas saíam das casas destruídas e das lojas reduzidas a escombros e de automóveis transformados em montes de ferro retorcido.

Os centenas de feridos tiveram de ser retirados da cidade porque o tornado destruiu o hospital principal, o Centro Médico Regional Saint John's. Um helicóptero médico estava entre os veículos esmagados, vidros estilhaçados e registros médicos espalhados.

As previsões meteorológicas alertam para o mau tempo em Oklahoma, Kansas, no extremo norte do Texas e no sudoeste do Missouri.

"É possível, se não provável, que passemos para nosso estado de alerta mais alto em algum momento nas próximas 12 a 24 horas enquanto reunimos mais informações", disse Russel Schneider, diretor do Centro de Previsão de Tempestades em Normam, Oklahoma, citado pela assessoria de imprensa McClatchy.

Ao norte das áreas mais afetadas, o campus da universidade estadual de Missouri Southern State foi transformado em abrigo para mais de 100 pessoas sem teto nem comida.

Mais violento de 73

O tornado em Joplin foi o mais violento dos 73 que assolaram nove estados do centro do país no final de semana, informou o Serviço Meteorológico Nacional, e ocorre depois que uma onda de fenômenos similares que deixou 361 mortos em abril em vários estados americanos.          

veja também