MENU

Sobe a 12 número de mortos por passagem de furacão pelo México

Sobe a 12 número de mortos por passagem de furacão pelo México

Atualizado: Terça-feira, 21 Setembro de 2010 as 9:48

A passagem do furacão Karl, que ampliou o estado de emergência devido a inundações no leste do México, deixava até esta segunda-feira um balanço parcial de ao menos 12 mortos, 40 mil refugiados e cerca de meio milhão de atingidos, informaram autoridades de três estados.

"No total, registramos 12 mortes", disse a diretora da Defesa Civil, Laura Gurza, durante uma reunião de avaliação dos danos deixados pela passagem do furacão, encabeçada pelo presidente Felipe Calderón, em Veracruz.

Balanço divulgado mais cedo falava em dez mortos. No estado de Veracruz, diretamente atingido na sexta-feira pelo olho do furacão, foram registrados sete mortos e uma dezena de desaparecidos, segundo o órgão de socorro da Defesa Civil.

Entre os mortos estão dois homens cujo veículo foi arrastado pelo rio Pescados; uma mulher e seus dois filhos que ficaram presos pela água em casa e duas pessoas afogadas cujos cadáveres apareceram em uma praia do porto de Veracruz.

No estado de Oxaca (sul), os bombeiros informaram que uma mulher morreu e oito pessoas ficaram feridas após um deslizamento que arrastou uma casa.

Estas mortes somam-se às de duas mulheres cuja casa foi soterrada na sexta-feira em Puebla (centro) por um deslizamento de terra.

O presidente mexicano, Felipe Calderón, viajou nesta segunda-feira para diversos povoados inundados em Veracruz, cujo governador, Fidel Herrera, disse que 112 dos 274 municípios do estado permanecem debaixo d'água.

Herrera estimou em meio milhão as pessoas afetadas pelas inundações provocadas depois da passagem das chuvas geradas pelo Karl, incluindo em torno de 40.000 que foram levadas a refúgios.

A diretora da Defesa Civil não informou onde ocorreram os fatos que provocaram a morte das outras duas pessoas.

veja também