MENU

Suicida com bomba em turbante mata prefeito de Kandahar

Suicida com bomba em turbante mata prefeito de Kandahar

Atualizado: Quarta-feira, 27 Julho de 2011 as 8:19

O prefeito de Kandahar, maior cidade do sul do Afeganistão e reduto histórico dos talibãs, Ghulam Haidar Hameedi, morreu nesta quarta-feira (27) após um atentado suicida, informou o chefe da polícia local, Abdul Raziq. O grupo extremista islâmico assumiu o ataque.

Hameedi foi morto no pátio da prefeitura, depois que um homem se aproximou quando ele conversava com moradores no pátio da prefeitura e detonou explosivos escondidos no turbante, informou a polícia.

Ghulam Haidar Hamidi em foto de arquivo (Foto: Ahmad Nadeem/Reuters)

  O prefeito discutia com moradores a respeito de uma disputa territorial, afirmaram pessoas que participaram da reunião. De acordo com as testemunhas, Hameedi havia ordenado a destruição de suas casas, afirmando que elas haviam sido construídas ilegalmente em terrenos que não lhes pertenciam. Dois meninos morreram na terça-feira durante o início das obras de demolição, disse à agência de notícias France Presse o pai das crianças, que também esteve no encontro.

Talibã assume

Os insurgentes talibãs reivindicaram o atentado em uma mensagem enviada à France Presse.

O prefeito Ghulam Haidar Hameedi morreu em um atentado suicida realizado por um de nossos fedayines (combatente preparado para se imolar) em Kandahar", assumiram os talibãs em uma mensagem enviada pelo porta-voz Qari Yosuf Ahmadi, que qualificou o prefeito como um "objetivo militar de grande interesse".

Ghulam Haidar Hameedi é a segunda personalidade assassinada este mês. Ahmed Wali Karzai, irmão do presidente afegão Hamid Karzai e homem forte de Kandahar, foi morto em 12 de julho .          

veja também