MENU

Tiroteio após sequestro de ônibus deixa 4 mortos nas Filipinas

Tiroteio após sequestro de ônibus deixa 4 mortos nas Filipinas

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 11:02

Quatro pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em um tiroteio após grupo supostamente formado por rebeldes comunistas do Novo Exército do Povo (NEP) terem sequestrado um ônibus no centro das Filipinas, informou a polícia nesta quinta-feira (2).

O caso ocorreu na quarta-feira (1º) na província de Quezón, ao sul de Manila. O motorista foi forçado a levar o veículo para o território controlado pela guerrilha.

A partir daí teve início uma perseguição que terminou com uma troca de tiros entre os insurgentes e as forças governamentais em uma remota zona litorânea.

As autoridades não divulgaram a identidade das vítimas nem o número de pessoas que viajavam no ônibus.

O ataque ocorreu no mesmo dia em que começaram em Hong Kong as primeiras conversas de paz entre o governo e o Partido Comunista das Filipinas desde a chegada de Benigno Aquino à Presidência, em junho.

O NEP, braço armado dos comunistas filipinos e uma das guerrilhas mais antigas da Ásia, conta com cerca de seis mil combatentes regulares e leva mais de quatro décadas pegando em armas para combater as forças governamentais, em conflitos que deixam mortes quase diariamente.

As conversas de paz com o Executivo estão estagnadas desde 2004, quando Manila conseguiu que Estados Unidos e União Europeia incluíssem a plataforma política dos rebeldes em suas listas de organizações terroristas.    

veja também