MENU

Torta na cara de bilionário acaba em condenação

Torta na cara de bilionário acaba em condenação

Atualizado: Terça-feira, 2 Agosto de 2011 as 3:59

Um tribunal britânico condenou nesta terça-feira (2) a seis semanas de prisão o homem que lançou um prato com espuma de barbear contra Rupert Murdoch quando o magnata da imprensa comparecia diante de uma comissão parlamentar pelo escândalo das escutas ilegais.

Jonathan May-Bowles, de 26 anos, um humorista conhecido pelo nome artístico de Jonnie Marbles, foi preso após se declarar culpado de agredir o magnata americano de origem australiana. Ele foi julgado pelo crime de desordem.

May-Bowles precisará cumprir pelo menos a metade da pena. Também foi condenado a uma multa de 250 libras (o equivalente a R$ 637).

May-Bowles chegou ao local trajando uma camisa xadrez semelhante à que vestia no dia do ataque, quando invadiu o Parlamento durante a sessão que interrogava  Rupert Murdoch e seu filho James sobre o escândalo dos grampos do tabloide "News of the World".

Durante o ataque, ele gritou que Murdoch era um "bilionário avarento". Wendi Deng, mulher do magnata australiano de 80 anos, que estava atrás dele, ainda tentou impedir o ataque. A sessão teve de ser interrompida.

O agressor foi retirado do local pela polícia. Identificado como "Jonnie Marbles" no Twitter, o homem escreveu em sua conta pouco antes do ataque: "O que faço agora é a melhor coisa que jamais fiz antes #splat". O "#splat" seria em referência ao som da "torta" atingindo seu alvo.

veja também