MENU

Tribunal britânico vai ouvir apelação contra libertação de Assange quinta

Tribunal britânico vai ouvir apelação contra libertação de Assange quinta

Atualizado: Quarta-feira, 15 Dezembro de 2010 as 9:50

 O tribunal britânico vai ouvir nesta quinta-feira (15) a apelação sueca contra a decisão de conceder liberdade condicional a Julian Assange, o fundador do WikiLeaks , anunciaram autoridades judiciárias nesta quarta.

Assange, que é procurado na Suécia sob acusação de crimes sexuais, recebeu sua liberdade sob fiança de 200 mil libras (cerca de R$ 535 mil) na véspera, mas continua sob custódia porque as autoridades suecas pediram para recorrer.   O juiz Riddle, do tribunal de primeira instância de Westminster, havia concedido liberdade condicional ao australiano, até a próxima audiência do caso, marcada para 11 de janeiro de 2011. Riddle decidiu que ele será monitorado eletronicamente e cumprir um toque de recolher até lá.

O advogado de Assange Mark Stephens havia anunciado indevidamente a jornalistas que a Suécia não iria recorrer da decisão a favor do australiano. Ele também disse que estava tendo dificuldades para angariar o valor da fiança.   Voluntárias

O australiano, de 39 anos, é acusado de conduta sexual indevida contra duas voluntárias do WikiLeaks durante uma passagem pela Suécia. Ele nega as acusações.   Seu site está no meio de uma polêmica mundial, após ter começado a vazar uma série de mais de 250 mil documentos diplomáticos norte-americanos. O vazamento da correspondência gerou mal estar entre Washington e seus aliados ao redor do mundo e também provocou protestos do governo americano e de outros governos.

O fundador do WikiLeaks e seus advogados afirmam que temem que promotores dos EUA podem estar tentando indiciá-lo por espionagem depois da publicação dos documentos diplomáticos norte-americanos.    

veja também